Como fazer a retrospectiva 2017 das suas fotos mais curtidas no Instagram

O 2017 bestnine é um serviço que faz uma retrospectiva com as suas fotos mais populares do ano no Instagram. Disponível gratuitamente, o site calcula quais publicações foram as mais curtidas na sua conta e faz um mosaico com elas automaticamente. Além disso, como funciona através de navegadores, é possível utilizá-lo em qualquer smartphone Android, iPhone ou Windows e também em computadores.

Um dos pontos positivos do aplicativo é que não é preciso conceder acesso à sua conta no Instagram, tática muitas vezes usadas por pessoas mal-intencionadas. Confira neste tutorial do Olhar Digital como fazer a retrospectiva das suas fotos mais curtidas em 2017 no Instagram:

1. Acesse o site do 2017 bestnine. Dê preferência ao navegador do seu celular;

Reprodução2. Digite o seu nome de usuário no Instagram e toque em Get;

3. O aplicativo analisará as suas publicações para montar o seu mosaico. Aguarde até o fim;

Reprodução4. Por padrão, o aplicativo exibirá a colagem junto com uma legenda em inglês. Se preferir apenas a foto, toque em “Photo Only version” logo abaixo da imagem;

5. Segure o dedo sobre a foto e selecione a opção “Fazer download da imagem”;

Reprodução6. Após baixar a foto, toque no botão de compartilhar e escolha o Instagram;

7. Agora, é só seguir com a edição da imagem normalmente e escolher uma legenda antes de publicá-la;

ReproduçãoPronto! Agora você já sabe como fazer uma retrospectiva com as suas fotos mais curtidas no Instagram.

 

Fonte: https://goo.gl/RsjXDU

Computador mais poderoso da Apple, iMac Pro custará R$ 38 mil no Brasil

A Apple começa a vender nesta quinta-feira, 14, nos EUA, o seu computador mais poderoso até hoje: o iMac Pro. Por enquanto, a máquina ainda não tem data para chegar ao Brasil, mas já teve seu preço oficial divulgado.

No site da Apple, o iMac Pro aparece custando a partir de R$ 38 mil. É o produto mais caro já lançado pela empresa no Brasil, superando o Mac Pro que custa até R$ 30 mil. O preço vale para as configurações mais básicas, de modo que o valor pode subir de acordo com a personalização do usuário.

Ainda não é possível personalizar os componentes do iMac Pro pelo site da Apple, mas a versão mais básica vem com processador Intel Xeon octa-core de 3,2 GHz com boost de até 4,2 GHz; 32 GB de memória ECC de 2666 MHZ; e SSD de 1 TB.

O tudo-em-um da Apple comporta estes componentes sob uma tela de resolução 5K (5120 x 2880) de 27 polegadas, equipada com uma placa de vídeo Radeon Pro Vega 56, da AMD, com 8 GB de memória. O pacote ainda vem com teclado e mouse Magic, cabo de alimentação e cabo Lightning para USB.

Há opções de iMac Pro com processador de 10 ou 18 núcleos; 64 GB ou 128 GB de memória; 2 TB ou 4 TB de SSD; e placa de vídeo Radeon Pro Vega 64 com 16 GB. Ou seja, o iMac Pro mais poderoso custará bem mais do que os impressionantes R$ 38 mil da configuração básica.

Lá fora, o iMac Pro é vendido por US$ 5.000, o que seria equivalente a R$ 16 mil em conversão direta sem contar impostos e outras taxas que a Apple aplica no Brasil.

Google Assistente chega a aparelhos mais antigos

O Google Assistente começou a ser liberado para os smarpthones com Android 5.0 (Lollipop). O recurso é uma evolução do Google Now, permitindo que os usuários façam perguntas em português, deem comandos em serviços e funções do celular, além de fazer pesquisa na web. A novidade deve ser liberada gradualmente para os aparelhos.

Lançada em 2016, o Google Assistente permite pode ser usado para salvar lembretes, fazer ligações para contatos, contar piadas, joguinhos, entre outras coisas. O recurso também pode se integrar com outros aplicativos, sendo possível pedir para reproduzir uma música no YouTube ou Spotify, por exemplo. Para saber como usar, basta perguntar “O que você pode fazer?”.

Por padrão, o Android exibe uma notificação no smartphone ao liberar a Assistente para o aparelho. No entanto, é possível conferir isso pressionando o botão “Home” do celular e atualizando o aplicativo do Google na Play Store. Além do Lollipop (5.0), o recurso já está disponível nas versões mais recentes do sistema e também no iOS.

Vem aí um novo recurso no Google Maps

O Google Maps está prestes a ganhar um recurso ótimo para quem aproveita as viagens de ônibus para tirar um cochilo. De acordo com o TechCrunch, o aplicativo deve lançar em breve uma ferramenta que guia o usuário em tempo real por um trajeto desejado, mandando até mesmo notificações quando for a hora de descer do ônibus ou do trem.

Quando o usuário procurar pelo trajeto para chegar a determinado local, verá um botão “iniciar” na parte inferior da tela. Ao clicar nesse botão, o usuário começará a receber notificações na sua tela inicial com as orientações do que fazer para chegar ao seu destino (por exemplo: “caminhe até a Rua X, número Y”, “pegue a linha amarela sentido leste”, “embarque no ônibus XYZ” ou “desembarque agora”).

Por exemplo: você pode embarcar no ônibus que o Google Maps orientar, e depois não precisa ficar conferindo o app para saber quando tem que descer. Na hora que você tiver que se preparar para desembarcar, o aplicativo enviará uma notificação que fará seu celular vibrar, e então você saberá. A imagem abaixo mostra como essas notificações devem ser:

Reprodução

Tutorial de como chegar

Como o Engadget aponta, as notificações também são interativas, o que significa que você pode conferir os passos anteriores de sua viagem. Assim, você pode garantir que pegou o ônibus no ponto certo ou que embarcou no metrô com o destino correto. Esse recurso deixa o Google Maps mais parecido com outros aplicativos de transporte público que já tinham recursos parecidos, como o CityMapper e o Transit.

Ainda não há indicações precisas de quando o novo recurso deve começar a funcionar. No entanto, o site acredita que alguns usuários devem receber a atualização ao longo dos próximos dias. Com isso, usuários que queiram usar o recurso daqueles outros aplicativos de transporte vão poder fazer isso usando um app que provavelmente já está instalado em seus celulares.

 

Fonte: https://goo.gl/NwjJUw

iPhone X começa a ser vendido hoje no Brasil por até R$ 7.800

O iPhone X agora está disponível de forma oficial no Brasil. Anunciado em setembro pela Apple, o top de linha começou a ser comercializado no país nesta sexta-feira, 8. Os preços já haviam sido confirmados previamente: R$ 7.000 no modelo de 64 GB e R$ 7.800 na versão de 256 GB. As cores disponíveis são prata e “cinza espacial”.

O aparelho traz uma série de recursos ausentes na família iPhone 8, lançada em novembro no Brasil. O iPhone X não se parece em absolutamente nada com os celulares que a Apple lançou até hoje, marcando a maior renovação visual e em usabilidade de sua história.

Para começar, a tela do celular ocupa quase a totalidade da parte frontal do celular, com exceção de um entalhe que abriga a câmera e outros sensores frontais. Isso fez com que a Apple eliminasse o botão Home, que era o ponto central de toda a experiência de uso do iOS. No lugar, há apenas uma barra virtual usada para uma série de gestos para utilização do sistema.

A tela OLED também é inédita para os iPhones, que economiza bateria ao não desperdiçar energia para acender pixels escuros e também oferece uma boa qualidade de imagem, com contraste incomparável a um display LCD usado no iPhone 8. A resolução de 2436×1125 também é superior a qualquer outro iPhone que a Apple já tenha lançado.

A câmera também é um dos diferenciais do iPhone X, principalmente pela tecnologia empregada nos sensores frontais. Graças a eles, o aparelho é capaz de usar o recurso de iluminação dinâmica no qual o usuário pode ajustar a luz após tirar a foto com a câmera frontal; esse recurso só funciona na traseira iPhone 8 Plus graças à câmera dupla. Além disso, os sensores frontais ainda são responsáveis pelo Face ID ser minimamente seguro e não ser enganado por algo como uma foto, sendo capazes de reconhecer imagens em 3D, além de proporcionar o Animoji, exclusivo do top de linha.

 

Waze ganha ‘modo motociclista’ e comando de voz parecido com o do Google

O Waze está lançando novos recursos para o seu aplicativo de navegação. Segundo informações do The Verge, a plataforma agora conta com um modo projetado especificamente para motociclistas, que fornece recomendações sobre a melhor rota com base em dados extraídos de outros motociclistas – que pode ser diferente dos cálculos para carros.

A ferramenta melhora a estimativa de horário de chegada e ainda adiciona informações de rotas em estradas estreitas, que não são acessíveis para os demais veículos.

A atualização, que está disponível para Android e iOS, também liberou o comando de voz “Ok Waze” nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. Ele permite que o usuário solicite informações do aplicativo dizendo a frase “Ok Waze” e depois dando uma orientação como “me leve para casa” ou “encontre um posto de gasolina”.

Além disso, a ferramenta de carona “carpool”, que chegou ao Brasil há alguns meses, está sendo liberado para cidades dos Estados Unidos e Canadá.

WhatsApp libera novo jeito de gravar áudio; veja

O WhatsApp começou a liberar o recurso que muda a forma de mandar áudios longos no aplicativo. A partir de agora, o usuário pode gravar mensagens de voz sem ter que ficar segurando na tela. A função, por enquanto, chegou primeiro ao iPhone (iOS), mas está pode ser liberada para celulares com Android a qualquer momento.

Para mandar uma mensagem longa no WhatsApp, basta iniciar uma gravação normalmente tocando sobre o ícone de microfone. Em seguida, basta deslizar o dedo para cima em direção ao cadeado para travar a gravação do áudio. Por fim, toque no botão de enviar para mandar a gravação ou em “Cancelar” para descartar a mensagem.

Além do envio de áudio, o WhatsApp também está trabalhando em uma forma de ver vídeos do YouTube dentro do aplicativo. Ao receber um link no chat, o usuário deve tocar sobre ele para abrir um player interno, similar ao que acontece no Telegram. A função, contudo, ainda não está liberada oficialmente para os usuários brasileiros.

Reprodução

Para ter as novidades do WhatsApp, é preciso entrar na loja de aplicativos do seu celular e buscar pela nova versão do serviço de mensagens. Até o momento, apenas os usuários do sistema da Apple estão recebendo a atualização. Mas, a expectativa é que as novidades cheguem ao Android e ao Windows Phone em breve.

 

Fonte: https://goo.gl/Gz77bf

Veja os smartphones mais buscados antes da Black Friday

Dependendo dos descontos que serão oferecidos na Black Friday, que acontece nesta sexta-feira, 24, o Moto G5 Plus de 32 GB, da Motorola, pode ser o smartphone mais comprado pelos brasileiros. Segundo um levantamento realizado pelo site comparador de preços Zoom, esse foi o aparelho mais buscado no mês de novembro.

O segundo smartphone mais procurado é o Moto G5 de 32 GB, também da empresa norte-americana. A companhia, na verdade, divide a lista dos dez aparelhos mais buscado com a Samsung, ocupando as três primeiras posições.

Veja o ranking completo:

Reprodução

Silenciou um grupo no WhatsApp mas segue recebendo notificações? Saiba resolver

Pode ser triste, mas é verdade. Mesmo que você silencie um grupo do qual você não quer ter mais nenhuma notícia (mas do qual você também não quer cometer a grosseria de sair), ainda é possível que você receba notificações dele. Se alguém daquele grupo quiser muito chamar sua atenção – independente de você querer ou não – aquela pessoa consegue.

Isso acontece quando você é marcado em alguma mensagem do grupo. Se alguém do grupo silenciado enviar uma mensagem marcando você (com @Seunome), você será notificado mesmo que tenha desativado as notificações daquele grupo. Mas felizmente, há uma maneira de garantir que isso não aconteça. Veja abaixo como:

1. Primeiro, garanta que as notificações do grupo estão silenciadas. Abra o grupo, clique nos três pontinhos no canto superior direito da tela e escolha “Silenciar notificações”;

Reprodução

 

2. Escolha o período de silenciamento. Se você não quiser receber mais notificações, escolha “1 ano”;

Reprodução

 

3. Agora, encontre o membro do grupo silenciado que mais costuma marcar você nas conversas. Abra a conversa dele, clique nos três pontinhos e selecione “Silenciar notificações”;

Reprodução

 

4. Novamente, escolha a opção “1 ano” se quiser ficar sem receber notificações pelo maior período de tempo possível;

Reprodução

 

5. Se muitas pessoas do grupo silenciado costumam marcar você, repita os passos 3 e 4 para cada uma delas.

Esse método funciona porque quando alguém marca você, o WhatsApp considera que aquela pessoa tem urgência em lhe falar algo. E, por isso, você recebe a notificação mesmo que a marcação aconteça em um grupo silenciado. Mas se você silencia a pessoa, o WhatsApp entende que você não quer mais receber notificações dela em qualquer situação, e por isso o aplicativo não te avisa mais de mensagens dela em nenhuma circunstância.

Fonte: https://goo.gl/hYQGvC

Facebook relança app de eventos para ajudar usuários a encontrar restaurantes

O Facebook está relançando o seu antigo aplicativo de eventos para ajudar os usuários a encontrarem restaurantes e bares próximos. Conforme relata o TechCrunch, o app foi redesenhado e batizado de “Facebook Local” e está disponível, a princípio, somente nos Estados Unidos.

A plataforma reúne informações de eventos e estabelecimentos, além das avaliações e check-ins de usuários da rede social, para poder sugerir atividades e lugares para ir. A empresa diz que o aplicativo não exibirá publicidade em um primeiro momento.

O Facebook lançou o aplicativo paralelo “Eventos” há pouco mais de um ano e ele era usado principalmente para reunir convites de eventos, festas e calendário de aniversários em um único lugar. No entanto, ele era um tanto redundante, uma vez que o Facebook tem uma aba destinada somente à eventos na rede social.

Já o app “Local” terá mais funções, como detalhes de estabelecimentos que seus amigos frequentam, além de conseguir fazer buscas específicas, como se tem uma banda tocando em algum bar, entre outros.